Ser professora de Yoga

Ser professora de Yoga não é ter respostas fechadas e definitivas sobre todas as práticas. É sim estar disponível para indagar a cada momento, dar espaço para a evolução que faz parte integrante da vida, e incentivar @s alun@s a fazer o mesmo. É entregar-se a um percurso de descoberta, aprendizagem, partilha, que só é possível com a motivação e a confiança das pessoas que a mim se juntam nas várias propostas para investigar & viver o Yoga. É preciso humildade, coragem, compaixão, dedicação e visão - para quem guia e para @s alun@s!

 

Ser professora de Yoga é estar constantemente a ser confrontada com a imprevisibilidade da vida!
Um exemplo, esta semana nas aulas do fim do dia: na segunda-feira 10 pessoas, na quinta 1 pessoa. Lógica? Nenhuma!!
Aprender na prática que não controlamos o que acontece, que podemos fazer planos mas precisamos estar abertas a que tudo seja diferente do que planeamos! Assumir no dia a dia que a mudança é a única certeza!

 

Aprender a flexibilidade e a adaptabilidade ao momento. Aprender a ter menos expectativas ou pelo menos não ficar presa a elas. Aceitar a inconstância dos grupos, sem colocar em causa a qualidade do nosso trabalho nem perder a motivação.

 

Lina Afonso | Yoga de Corpo e Alma

janeiro e maio 2017

Para receber informação por email sobre novas actividades, enviar por favor email para decorpoealma.yoga@hotmail.com

Relaxa sem preguiça

Concentra-te sem tensão

Perceciona sem projetar

Testemunha sem julgar

Desfruta sem ânsia

Reflete sem imaginar

Ama sem condições

Dá sem exigir

Recebe sem possuir

Serve sem interesse

Desafia sem dominar

Medita sem identidade

Corrige sem culpar

Supera sem orgulho

Ri sem cinismo

Chora sem ter pena

Confronta sem ódio

Guia sem superioridade

Sê sem auto-definição

Vive sem arrogância

Entra sem auto-importância

Parte sem arrependimentos

Sê um com Deus


Mooji, Fevereiro 2014
texto original em inglês